The 100 – Resenha

Enfim… é uma série produzida pela CW que eu acompanho desde a 2ª temporada, e estou pra falar que com exceção das séries da Marvel produzidas pela Netflix, é uma das melhores lançadas atualmente. A primeira temporada estreou em 2014 e atualmente está na 3ª temporada, com a 4ª confirmada para fevereiro de 2017.

Apesar de aparentar ser só um seriado de Distopia (gênero que ficou tão famoso entre os adolescentes pelas series de livros lançadas nos últimos 5/6 anos) é bem mais que isso.

A história se passa quase 100 anos após um apocalipse nuclear ter dizimado a vida na Terra, tornando-se assim impossível a sobrevivência humana. Os únicos sobreviventes? 400 pessoas que estavam em órbita em 12 estações espacias durante os acontecimento. Entretanto, a Arca (nome dado para a junção das 12 estações) não foi feita para durar tanto tempo, e nem suportar tantas pessoas, pois com o passar dos anos a população aumentou e os recursos e o ar estão se esgotando, assim o Conselho juntamente com seu Chanceler  decidem enviar 100 adolescentes delinquentes para a terra e testar se já é possível voltarem para seu planeta natal.
É isso mesmo, eles utilizam CEM pessoas (entre eles a filha de uma das conselheiras e médicas da Arca e o filho do próprio Chanceler!!!) para verificar se é ou não possível sobreviver. Quer dizer, a maioria dos adolescentes nem fizeram crime nenhum, um foi preso por simplesmente utilizar a mochila a jato da estação que era o sonho da namorada.
Apesar disso The 100 é uma série que me chamou a atenção principalmente por não ter vilões, não tem o cara mau que quer maltratar os adolescentes bonzinhos, não é tão simples. É uma série baseada em pessoas fazendo o que acreditam ser o certo para si e para as pessoas que amam, independente do que for preciso fazer.
Mostra muito o que falta em outras produções, ARRISCAR:
tumblr_o1p5muPNhd1uq4oogo1_540.gif
  • Colocar toda uma população na frente de um romance
  • Pessoas mudando de lado porque simplesmente viram que o que acreditavam estava errado (afinal mudar de opinião não é algo condenável ok?)
  • Fazer com que aquele asshole do Murphy contagie as pessoas mesmo sem deixar de ser um asshole
  • Não ter como principal foco da história romances adolescentes  (porque afinal de contas a sobrevivência na terra vale um pouco mais)
  • Qualquer um pode ser um assassino. (Vemos isso claramente no 3º episódio da 1ª temporada)
  • A protagonista se lasca pra caramba além de nem sempre estar certa (porque afinal, só por ser a principal não quer dizer que precisa ter a verdade absoluta né querida).
Uma matéria sensacional que vi no The100br (e que contém vários spoilers, por isso clique no link abaixo por sua própria conta e risco) é: “23 vezes que The 100 fez Game of Thrones parecer um conto de fadas”.
Não pelo título, não estou dizendo que GOT é ruim, até porque quero começar a assistir (só me falta a coragem pra pegar desde a 1ª temporada), mas porque eles juntam momentos chave da série onde podemos ver claramente a moralidade distorcida de diversos personagens.
Segue o link: http://the100br.com/23-vezes-que-the-100-fez-game-of-thrones-parecer-um-conto-de-fadas/
Agora, quero só complementar com uma observação sobre os livros, fiz algumas pesquisas de resenhas online e o pessoal fala que as diferenças são GIGANTESCAS, personagens queridos da série que não existem nos livros, e vice e versa, eventos totalmente distorcidos e ambas as mídias e mais algumas alterações. Agora, isso é ruim? Não necessariamente, você só tem que se desligar de uma mídia para tentar aproveitar a outra de uma forma melhor. Eu particularmente tenho dificuldade nisso, por isso sempre que posso prefiro ler os livros (que geralmente é o que inspira a adaptação cinematográfica ou em série) antes de assistir, pois assim só complemento com as informações novas. Mas como com The 100 eu nem sabia que tinha livros antes de começar a assistir a série, não foi possível e agora estou com certo receio de ler, além de ser bem difícil encontrar o primeiro volume (são 3 até agora). Mas é uma das minhas metas, e não deixarei que resenhas anteriores influenciem minha opinião antes de verificar, por isso eu indico sim que leem mas com a mente totalmente aberta, pois são histórias praticamente distintas.
 d45d29c0-a809-0133-39b8-06e18a8a4ae5
A 4ª temporada está prevista para fevereiro de 2017, até lá vocês tem tempo de sobra para começar a série e se apaixonar (e chorar, xingar e gritar) pelos personagens sensacionais presentes.
 2276877118dcedcd350419981634087f

Que nos reencontremos novamente!

May we meet again!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s