Por Lugares Incríveis – Jennifer Niven

“Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, a garota se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família.
Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.”

Por Lugares Incríveis não é só um Young Adult, e também de forma alguma é um livro de Auto-Ajuda. É um livro sensível,  que fala de assuntos por vezes ignorados pela sociedade por serem “difíceis e desconfortáveis” de se discutir, tais como suicido, depressão, bipolaridade, luto e negação, ás vezes nem por parte de quem está sofrendo, e sim pelas pessoas ao seu redor.

“O que percebo agora é que o que importa não é o que a gente leva, mas o que a gente deixa para trás.”

Jennifer Niven nos apresenta Theodore Finch e Violet Markey de uma forma encantadora e poética, intercalando suas visões a cada capitulo. Finch um garoto que adora tocar guitarra, escrever músicas, sempre mudando sua personalidade, ás vezes nos deparamos com ele sendo o Finch Nerd, Finch Aventureiro, ou outro que esteja com vontade de ser, além disso Finch tem um estranho hábito de pesquisar métodos de suicídios e se um dia conseguiria por algum deles em prática. E é pensando nisso que ele sobe até a torre do relógio de sua escola.

“Você foi, sob todos os aspectos, tudo o que alguém poderia ser. […] Se existisse alguém capaz de me salvar, seria você.”

Violet sempre foi uma adolescente comum, popular, adora livros e escrever, tendo até uma revista online com sua irmã mais velha, sempre rodeada de amigos, festas e pais amorosos. Mas tudo mudou quando voltando de uma das festas, um acidente de carro tira a vida de sua irmã. De repente Violet abandona a revista, se afasta dos amigos e como querendo fugir de tudo se depara na torre do relógio, onde sua vida e de Finch se cruzam.

A partir dai Jennifer vai desenvolvendo os personagens de tal forma que seu próprio pensamento, rótulos e opiniões vão se apegando a eles, entendendo o que passam, e tentando desesperadamente ajudá-los. O modo como a negação de parente e amigos de Finch encaram sua depressão “Ele vai voltar, é só FInch sendo Finch” é uma coisa que por mais que tentemos falar que é só no livro, sabemos que é a realidade. As pessoas não querem, ou ignoram os problemas de outras com que se preocupam verdadeiramente mas não sabem como agir para ajudar. E por vezes isso pode ser fatal.

Por lugares incríveis me fez sorrir. viajar e chorar de forma que faz um tempo que nenhum livro tinha feito. Me fez pensar e repensar nos rótulos formados pela sociedade e por que nunca questionamos os dois lados da moeda, porque simplesmente acatamos o que a massa diz. É um livro extremamente tocante, que nos mostra uma realidade que se não vivemos ignoramos totalmente, e ao mesmo tempo é uma literatura extremamente rica para quem está passando pelas mesmas situações dos personagens. Com citações de C.S. Lewis e Virginia Woolf, Niven nos da um presente da literatura.

“É melhor manter as palavras tristes, ruins, más e desagradáveis separadas, onde possam ser vigiadas para a gente ter certeza de que não vão nos pegar de surpresa.”

Indico para todas as pessoas, um livro capaz de nos mostrar qua vida pode ser muito mais do que a nossa realidade. Já favoritado com certeza lerei novamente e me emocionarei da mesma forma com que fiz na primeira vez.

Por Lugares Incríveis no Cinema!!!
Eu fiquei tão feliz com essa notícia que não pude deixar de colocar aqui para vocês:

Os direitos de adaptação da da obra foram comprados por Paula Mazzur e Mitchell Kaplan  antes mesmo do livro ser lançado e contará com a direção de Miguel Arteta, com roteiro da própria Jennifer, será estrelado por Elle Fanning, escalada para interpretar Violet Markey. As filmagens ainda não começaram e infelizmente não temos data de lançamento, mas estarei aguardando ansiosamente.

Young Adult || 336 Páginas || Seguinte || Classificação: 5/5

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s